O psicoterapeuta disse que sou hiperativo. A criação deste blog surgiu pouco depois de ser assim diagnosticado. Segundo o site especialista Hiperatividade (que já existia antes do meu blog, mas eu não sabia!), os portadores deste distúrbio são freqüentemente rotulados de "problemáticos", "desmotivados", "avoados", "malcriados", "indisciplinados", "irresponsáveis" ou, até mesmo, "pouco inteligentes". Mas garante que "criativo, trabalhador, energético, caloroso, inventivo, leal, sensível, confiante, divertido, observador, prático" são adjetivos que descrevem muito melhor essas pessoas. Eu, particularmente, creio que sou uma mistura disso tudo aí. Cheio de muitas idéias, muitos sonhos e muitos projetos. Muita vontade e muito trabalho. Muitas vertentes e muitas atividades. Sou editor-adjunto do Crônicas Cariocas. Não deixem de visitar minhas colunas: Cinematógrafo; Crônicas; Poesias; e HQs. Ah! Visitem o Magia Rubro Negra , site de apaixonados pelo Mengão, para o qual tive o prazer de ser convidado a fazer parte da especial equipe!!!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

O FLU CAIU…. DE NOVO!!!!

Coluna Dupla

Dois a zero foi pouco. Não pelo primeiro tempo, que chegou a me deixar apreensivo porque o Flamengo dominava, mas dava espaços para o pó-de-arroz levar perigo. Porém, voltamos para o segundo tempo com o Willians no lugar do Dênis Marques e mudamos a história do jogo. O Dênis parecia perdido em campo, inoperante, e eu cheguei à conclusão que ele não consegue achar um lugar quando o Adriano está no time.

O Flu não viu a cor da bola no segundo tempo e, por isso, digo que dois a zero foi pouco. Estão chorando um pênalti não marcado, mas esquecem que também tivemos um que não foi assinalado. A verdade é que eles pareciam um bando em campo, sem conseguir organizar uma única jogada que não fosse na base do chutão. O Cristo da vez é o Fabinho, pois até o Cuca jogou-o no fogo, dizendo que o jogador não escutou a ele e aos companheiros. “Ah, coitado!”

Adriano vem provando que o investimento nele valeu a pena: é o artilheiro isolado da competição e é dono de quase quarenta por cento dos golos do Mengão no certame. Fazia tempo que não brigávamos pela artilharia do brasileirão. É para sentir orgulho ou não é?

Mas não é só isso que o Adriano vem fazendo pelo Flamengo. Sua grande fase vem recuperando jogadores que estavam em baixa, como Zé Roberto e Leonardo Moura, que estão gradativamente reencontrando o futebol deles. O primeiro foi peça fundamental do jogo de ontem ao lado do grande Pet.

O velho Tromba vem conseguindo dar consistência à equipe e alegrias à nossa Nação. Por falar nela, que show a torcida deu ontem. Na arquibancada, foi goleada histórica. Não tem para ninguém! Showzaço sem igual.

Parece que o caixão está fechado para o clube das Laranjeiras. O melhor é começar o planejamento para sair do buraco (e que buraco!). Venhamos e convenhamos: eles terão a chance de provar que poderiam sair da segunda divisão sem artifícios, como o convite para participar da tal Copa João Havelange. Estão voltando para o lugar certo, pois precisam sair de lá por mérito próprio, como saíram da terceira divisão.

É um histórico invejável. Foram rebaixados em 96, viraram a mesa e disputaram o campeonato de 97 na primeira divisão, apenas para serem rebaixados de novo. Tomaram vergonha e disputaram a segunda divisão em 98… e foram rebaixados para a terceira! Disputaram a terceirona em 99 e foram campeões com muito orgulho (?!?), afinal foram campeões brasileiros. Em 2000, entretanto, não disputaram a segundona, pois foram convidados a participar da Copa JH, organizada pelo Clube dos 13. Em 2001, quando a CBF reassumiu, fez vista grossa e deixou o Fluminense na elite do futebol nacional.

Vale lembrar que o prefixo re- de rebaixar tem a acepção de “retrocesso, retorno, recuo”, mas também existe o prefixo re- para dar a acepção de “repetição, iteração”. Assim, a palavra que define bem o pó-de-arroz é rerebaixado. Que posso fazer? Só lamento!

Só sei que já somos o sexto colocado, que estamos a seis jogos sem levar um gol e que marcamos onze golos nestes mesmos jogos. Estamos chegando e ganhando moral. O objetivo é chegar ao G4, mas, se continuarmos neste ritmo, podemos sonhar até com mais. Creio que a Magia voltou!

Magia Neles!!!

Equipe Magia Rubro Negra

fabricio@magiarubronegra.com.br

andre@magiarubronegra.com.br

Para ver maior clique aqui.

Um comentário:

Pedro Henrique disse...

Pô, que secação hein!