O psicoterapeuta disse que sou hiperativo. A criação deste blog surgiu pouco depois de ser assim diagnosticado. Segundo o site especialista Hiperatividade (que já existia antes do meu blog, mas eu não sabia!), os portadores deste distúrbio são freqüentemente rotulados de "problemáticos", "desmotivados", "avoados", "malcriados", "indisciplinados", "irresponsáveis" ou, até mesmo, "pouco inteligentes". Mas garante que "criativo, trabalhador, energético, caloroso, inventivo, leal, sensível, confiante, divertido, observador, prático" são adjetivos que descrevem muito melhor essas pessoas. Eu, particularmente, creio que sou uma mistura disso tudo aí. Cheio de muitas idéias, muitos sonhos e muitos projetos. Muita vontade e muito trabalho. Muitas vertentes e muitas atividades. Sou editor-adjunto do Crônicas Cariocas. Não deixem de visitar minhas colunas: Cinematógrafo; Crônicas; Poesias; e HQs. Ah! Visitem o Magia Rubro Negra , site de apaixonados pelo Mengão, para o qual tive o prazer de ser convidado a fazer parte da especial equipe!!!

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Carinhoso!

Sempre fui fã desta música.
Além da beleza e da singeleza, tem um quê de infância por causa da propaganda de iogurte que rolava nas antigas. Alguém lembra?
Agora, vem a Marisa Monte e o Paulinho da Viola para dar um show com ela. Merece o registro!

video

Pede para sair!


Tenho criticado o Cuca abertamente já há algum tempo e continuo afirmando que ele não é técnico para o Flamengo. Entretanto, jogar o peso das duas últimas rodadas nas costas dele não me parece justo, pois a impressão que ficou é que os jogadores querem derrubá-lo. Não consigo arrumar outra explicação para o que vi nestas duas humilhantes derrotas.

O que houve com o time? Não que tenha sido um grande time nas mãos do Cuca, mas nove golos em duas partidas? Será que o Kleberson é tão imprescindível assim? Será que o Welinton é tão ruim? Não creio. O que vejo é um bando de jogadores querendo derrubar o técnico e, provavelmente, conseguindo. Não acredito que ele consiga passar por esta. Caso consiga, creio que levaremos outra cipoada no próximo jogo porque os jogadores não querem mais este comando.

O que há com o Bruno? Hoje, ele falhou em pelo menos três dos cinco golos. Já havia falhado no jogo anterior. Assim, fica muito difícil. Já não temos um time consistente, não temos jogadas ensaiadas, erramos todos os passes e todos os cruzamentos, perdemos as bolas mais bestas e ainda tomamos gol por entre as pernas do goleiro. O que mais falta na coleção de vexames? Tomar seis em casa do Internacional com direito a gol de bunda do Andrezinho?

O Cuca não deveria nem aparecer na Gávea de novo. Se tiver um pingo de vergonha, não aparece mesmo. Os jogadores não o querem e a torcida não aguenta mais tanto vexame. Tanto tempo no comando e nada de padrão tático e tantas outras coisas. Agora, ficou claro que não há nem mesmo comando. Vergonhoso! Culpa do técnico? Também, mas não só. É, principalmente, dos dirigentes.

Fui beber uma cerveja entre um parágrafo e outro. A esposa chamou para jantar e aí, quando voltei, antes de terminar meu texto, fui olhar se já havia saído alguma notícia do futuro do nosso treinador. Mas vejam só, Cuca, em sua coletiva, disse: “O que tenho agora é um sentimento de vergonha. O mais fácil seria pedir para sair. Hoje, seria covardia. Mas não vou fazer isso. Se eu fosse demitido iria entender e sair com tristeza. Hoje vi muita coisa errada, mas tudo dá para melhorar”.

E o Kleber Leite completou: “O momento é de tristeza pelos dois últimos resultados. Momento de reflexão. O Flamengo tem bom elenco. Os dois últimos resultados não traduzem a nossa capacidade. Não adianta perder a cabeça. Não seria justo, nem correto. O Cuca é treinador do Flamengo. Vamos trabalhar duro. Temos um tempo bom para recuperação” e “Vamos encontrar um caminho adequado. Tenho certeza absoluta. Já conversei com o Cuca até. A hora é de tranqüilidade. Podemos, inclusive, sair do Rio. Neste momento, é necessário união e para haver união o time tem de estar focado, ter objetivos”. É melhor ouvir estas coisas que ser surdo, não é?

Realmente, é muita tristeza e muita vergonha… para nós, torcedores! No mais, continua tudo a mesma M! Do jeito que estamos, creio que uma nova goleada, com direito a gol de bunda, vem aí. Dá-lhe, Cuca! Dá-lhe, Kleber Leite! Dá-lhe, Márcio Braga!

Magia Neles!