O psicoterapeuta disse que sou hiperativo. A criação deste blog surgiu pouco depois de ser assim diagnosticado. Segundo o site especialista Hiperatividade (que já existia antes do meu blog, mas eu não sabia!), os portadores deste distúrbio são freqüentemente rotulados de "problemáticos", "desmotivados", "avoados", "malcriados", "indisciplinados", "irresponsáveis" ou, até mesmo, "pouco inteligentes". Mas garante que "criativo, trabalhador, energético, caloroso, inventivo, leal, sensível, confiante, divertido, observador, prático" são adjetivos que descrevem muito melhor essas pessoas. Eu, particularmente, creio que sou uma mistura disso tudo aí. Cheio de muitas idéias, muitos sonhos e muitos projetos. Muita vontade e muito trabalho. Muitas vertentes e muitas atividades. Sou editor-adjunto do Crônicas Cariocas. Não deixem de visitar minhas colunas: Cinematógrafo; Crônicas; Poesias; e HQs. Ah! Visitem o Magia Rubro Negra , site de apaixonados pelo Mengão, para o qual tive o prazer de ser convidado a fazer parte da especial equipe!!!

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Aula

Alguns amigos pedem-me umas aulinhas de inglês, apesar de minha capacidade na língua não ser das melhores. Mas, como não sou de deixar meus amigos na mão, segue um vídeo com a primeira aulinha. Espero que gostem, principalmente o Daniel, aka Malandro.
video

domingo, 21 de dezembro de 2008

O destino chama!

A rede ABC está exibindo um novo e empolgante comercial do primeiro episódio da quinta temporada de Lost. O vídeo tem seus tradicionais mistérios, como Locke falando de trás para a frente no início, em off. Vejam!
O pôster acima é bem interessante. Dividido ao meio mostrando quem saiu da ilha e quem ainda está lá.

video

Coisas do Futebol

Meu amigo Boaz Shuldiener, rubro-negro apaixonado como eu, mandou-me esta pérola de vídeo com as "coisas" do futebol. Hilário!

video

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Gosto de Sangue

Não percam! "Gosto de Sangue", de Eirka Liporaci. Um capítulo por semana, a partir de 9 de janeiro, no Crônicas Cariocas. Resgatando a tradição dos folhetins. Mas, ao contrário dos folhetins tradicionais, não é um melodrama e sim uma história policial... ou não. Confiram!

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

O Enigma do Príncipe

Chegou o novo trailer do Enigma do Príncipe. Divirtam-se.

video

Lost - 5ª Temporada


A rede ABC mostrou mais um clipe do primeiro episódio da quinta temporada do programa, que mostra Jack e Ben planejando voltar à ilha. A série volta a ser exibida nos Estados Unidos em 21 de janeiro de 2009, uma quarta-feira, com um especial de três horas, começando com um clipe das temporadas anteriores e seguindo com o primeiro episódio da quinta temporada com duas horas.



video

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

X-Men Origins: Wolverine

Galera, o primeiro trailer de X-Men Origins: Wolverine, que começou a ser exibido nos cinemas dos EUA na sexta-feira, agora sai online com qualidade - juntamente com o lançamento do site oficial do filme.
A prévia mostra uma seleção de mutantes, como Deadpool (Ryan Reynolds), Blob (Kevin Durand), Raposa Prateada (Lynn Collins), Dentes de Sabre (Liev Schreiber), John Wraith (Will.I.Am) e Gambit (Taylor Kitsch), que parece ter papel de destaque no filme. Danny Huston, como William Stryker, é outro que tem participação no vídeo, além, é claro, do Wolverine (Hugh Jackman).
Com direção de Gavin Hood, o filme contará a origem do mutante canadense, sua passagem pelo programa Arma X e seu relacionamento com vilões e aliados. A estréia acontece em 1º de maio de 2009.
Divirtam-se!!!
video

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Ronaldo, traidor?

Em um primeiro momento, logo após saber que o Fenômeno havia fechado com o Corinthians, pintou aquele sentimento de frustração e de se sentir traído. Porém, pensando um pouco, começaram a surgir dúvidas sobre os porquês da atitude dele.
Raciocinem comigo, o Flamengo está brigando com a fornecedora de material esportivo, a todo-poderosa Nike. Agora, respondam a pergunta: Ronaldo é garoto-propaganda de que empresa? Pois é, a mesma Nike. Outra: qual é a empresa que fornece o material esportivo do Corinthians? Pois é, a mesma Nike.
Imaginem que o Flamengo ganhe a ação que move contra a empresa e passe a usar a marca da Olympikus. Será que a Nike permitiria que o Ronaldo, SEU garoto-propaganda, jogasse com uma camisa com a marca da concorrência? É claro que não!
Provavelmente, a Nike determinou que o Ronaldo fechasse o contrato com o Corinthians. Não duvido nada que a empresa tenha feito isso usando a ameaça de cortar seu patrocínio e que, como reforço, ainda tenha jogado na cara dele que não tomou atitude alguma quando ele se viu envolvido no escândalo dos travecos.
Não posso afirmar que isso realmente aconteceu, mas faz sentido, não faz? O Ronaldo sempre declarou seu amor ao rubro-negro, há anos. Será que o que ele fez foi pura sacanagem ou será que ele se viu forçado a fazer o que fez? O que vocês acham?
Magia Neles!!!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Galo!

Este vídeo é sinistro. Mostra vários golos do Galinho de Quintino. Cada um mais bonito que o outro.

video

Grande ídolo! Deu-me muitas alegrias e, ainda hoje, muito exemplo!

Sou

pintura de Helem Paschoal Vasquez

Sou um pequeno pedaço do mundo,
um mundo dentro de um mundo e de outro;
sou um pedaço complexo, profundo.

Sou difícil de entender e de mudar, cruel,
um sonho alucinado, tresloucado;
sou insólito, transgressor, um filme de Buñuel.

Sou a nova era, que logo será velha,
Sou o horizonte distorcido pela realidade,
que o imaginário, pasme, espelha;
onírico, irreal, sem paridade.

Sou o escapismo que cruzou a sua vida,
Sou aquilo que mudou o seu caminho,
a volta de algo que não teve ida;
esquecido, passado, em desalinho.

Cacos

“Eu sou trezentos,”
talvez mais,
fragmentos multiformes
juntados num monte,
que anda...
e fala... e pensa!
Um por caco.
Pensamentos plurais,
convergindo e divergindo,
juntando e separando,
e criando mais...
cacos.
Eu sou uma leva deles,
uma turba em discussão,
uma sociedade em um,
uma legião de pedaços...
de mim mesmo.
Sou isto tudo,
mas também sou nada.
“Eu sou trezentos,”
talvez mais,
e nunca basta.

Antologia 1º Concurso Crônicas Cariocas

Acabou de sair do forno a antologia 1º Concurso Crôncias Cariocas. O livro é o resultado das 17 crônicas ganhadoras do concurso promovido pela Universidade Castelo Branco e pelo portal Crônicas Cariocas.O livro traz prefácios de João Pedro Roriz e Francci Lunguinho; apresentação do professor Denilson Matos; uma poesia do escritor homenageado Cairo Trindade; posfácio de Fabrício Mohaupt; menção Honrosa para Julia Feldmam Ulry. Além dos depoimentos de: J. Carino, Marcio Paschoal, Luciano Fortunato de Elano Ribeiro.

Quer um? ENVIE UM E-MAIL PARA portalcronicascariocas@gmail.com COM NOME COMPLETO, ENDEREÇO E TELEFONE PARA CONTATO, E CONCORRA A UM EXEMPLAR DA ANTOLOGIA 1º CONCURSO CRÔNICAS CARIOCAS. PROMOÇÃO VÁLIDA PARA TODO O BRASIL.

Efêmera

O feitiço, em mim, arrefeceu.
A rosa, por si, despetalou.
O encanto, enfim, feneceu.
A quimera, por ti, acabou.

Em mim, nada mais, ficou.
Por si, tudo mais, sofreu.
Enfim, sem mais, chorou.
Por ti, nunca mais, apeteceu.

O descaso, em mim, doeu.
A magia, por si, cansou.
O coração, enfim, perdeu.
A alegria, por ti, passou.

Em mim, nada mais, restou.
Por si, tudo mais, entorpeceu.
Enfim, sem mais, abandonou.
Por ti, nunca mais, esplendeceu.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Culpa!


O Brasileirão acabou. E o que ficou? Um gosto amargo na boca. O Flamengo teve o campeonato mais fácil para ser campeão e tropeçou nas próprias pernas. Tropeçou até no que se refere a uma vaga para a sonhada Libertadores. Quem esperaria por dois tropeços seguidos do Palmeiras? Mas, nem assim, conseguimos a vaga.
E de quem é a culpa? Difícil dizer. Já discuti o assunto com vários amigos, cada um com uma opinião. Creio que a culpa é de todos. Não livro a cara de um dentro do clube. Nem de nós, torcedores. É claro que nossa culpa é por acreditar demais, por gritar o nome de Caio Jr. por causa de um jogo apenas, de gritar que Obina é melhor que Eto’o e coisas afins. Sério mesmo, nessa situação toda, é ver a apatia dos jogadores dentro do campo e de ver a ineficiência do treinador à beira dele. Porém, ainda mais sério, é constatar que nossa diretoria é, no máximo, amadora. Que faz negócios para lá de duvidosos. Percebam que estou chamando de negócios e não de negociatas, nome que seria mais correto.
Temos um presidente que fala um monte de besteiras e que posa de rainha da Inglaterra enquanto o primeiro ministro, Kléber Leite, faz os negócios mais loucos e indizíveis que podemos esperar. Isso tudo somado a um comando frouxo, em que jogadores inventam contusões, saem em vésperas de jogos importantes para farras absurdamente caras e andam em campo.
Não há compromisso com o clube por parte dos jogadores, falta esta escorada na desculpa de que são profissionais e que estão apenas cumprindo contrato. O cara assina o compromisso já pensando em se projetar e sair logo para um clube do exterior. Joga quando quer e se quiser. A única coisa certa neste negócio é que o clube fica devendo os salários, independentemente de o cara jogar o que sabe ou não, de se dedicar ou não. Culpa da difamada Lei Pelé, que abriu as portas para as negociatas e enforcou os clubes. Jogador de férias antes do término do campeonato? Não interessa se tem condições de jogo ou não. Ou é parte do grupo ou não é. Deveriam treinar e apoiar os companheiros todos os dias.
Temos um treinador que não conseguiu, em momento algum, definir o seu time. Alguém sabe o time titular do Flamengo? Já perguntei outras vezes isso, mas ainda continuo sem resposta. Enquanto ele teve o time que Joel Santana, mal ou bem, montou, conseguiu alguma coisa. Depois que perdeu algumas peças, Marcinho (na época, artilheiro), Souza (peça-chave do esquema do Joel, fazendo o papel de pivô que ninguém mais conseguiu fazer) e Renato Augusto (que nem vinha sendo muito utilizado por causa de uma série de contusões), perdeu-se também e não se encontrou mais. A saída de Souza condenou o esquema do Joel, mas Caio Jr. insistiu com ele, em vez de procurar um esquema próprio com as peças que tinha.
Alguém consegue explicar o porquê de se montar um time com Jaílton, Toró e Ayrton no meio-campo? Como pode pensar em ganhar assim? Pior ainda é ter este monte de cabeças-de-bagre (como o Fernando Calazans costuma chamas os cabeças-de-área) mais a zaga e tomar cinco golos em um único jogo. Seria cômico, não fosse trágico.
Agora, o técnico vai embora, um monte dos profissionais jogadores também e ficamos nós, os torcedores, sofrendo mais uma vez por conta de nossa paixão. Desiludidos aguardando a montagem de uma nova ilusão por esta diretoria que, no momento, está batendo cabeça, sem saber o que fazer. Resta-nos aguardar o novo técnico, o novo time (?) e pedir ao Papai Noel uma nova diretoria.
Mudando de assunto, estou zoando muitos amigos vascaínos por conta do rebaixamento, mas não queria que os caras caíssem por dois motivos: nosso estado ficou ainda mais enfraquecido na competição nacional, uma vez que somos apenas três, que é o mesmo número de times de São Paulo que subiram da segunda divisão; e, também, porque este rebaixamento tornou-se uma vitória política do Eurico Miranda, que vai usar este capítulo negro da história vascaína para tentar reaver sua posição no clube, coisa que o Dinamite não merecia. Bom, caíram. O negócio agora é zoar. O natal este ano não será bom. Ouvi dizer que o bacalhau é todo de segunda. Fazer o quê?
Magia Neles!!!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008