O psicoterapeuta disse que sou hiperativo. A criação deste blog surgiu pouco depois de ser assim diagnosticado. Segundo o site especialista Hiperatividade (que já existia antes do meu blog, mas eu não sabia!), os portadores deste distúrbio são freqüentemente rotulados de "problemáticos", "desmotivados", "avoados", "malcriados", "indisciplinados", "irresponsáveis" ou, até mesmo, "pouco inteligentes". Mas garante que "criativo, trabalhador, energético, caloroso, inventivo, leal, sensível, confiante, divertido, observador, prático" são adjetivos que descrevem muito melhor essas pessoas. Eu, particularmente, creio que sou uma mistura disso tudo aí. Cheio de muitas idéias, muitos sonhos e muitos projetos. Muita vontade e muito trabalho. Muitas vertentes e muitas atividades. Sou editor-adjunto do Crônicas Cariocas. Não deixem de visitar minhas colunas: Cinematógrafo; Crônicas; Poesias; e HQs. Ah! Visitem o Magia Rubro Negra , site de apaixonados pelo Mengão, para o qual tive o prazer de ser convidado a fazer parte da especial equipe!!!

terça-feira, 3 de março de 2009

Salvação

Em 1984, foi lançado o filme O Exterminador do Futuro; eu completaria doze anos. Meu pai, que faria trinta e nove, foi ver no cinema e adorou. Contou-me, maravilhado, a cena em que o andróide Schwarzenegger mexe no seu braço mecânico sob a carne aberta. Tive que esperar sair em vídeo para poder ver. Veio, então, em 1991, O Exterminador do Futuro 2. Foi uma das ocasiões em que fui com o meu pai ao cinema, o local em que melhor nos entendíamos. Foi simplesmente fenomenal. O T-1000 de Robert Patrick, feito de metal líquido, era o máximo da tecnologia do futuro e um show de imagem e de efeitos especiais em 1991. Em 2003, veio O Exterminador do Futuro 3, sem o diretor James Cameron, e a decepção com a série. Os efeitos continuaram bacanas, mas a história meio que se perdeu. Era apenas uma colcha de retalhos para cenas de ação e de efeitos especiais. A T-X de Kristanna Loken não teve o impacto dos antecessores T-800 e T-1000.
Agora, em 2009, a franquia renasce pelas mãos do diretor McG. Confesso que o nome do diretor de As Panteras não me animou. Mas o que tenho lido e visto por aí tem trazido à tona uma curiosidade e uma expectativa enormes. A adição de Christian Bale (Batman) interpretando o salvador John Connor já é promessa de melhoria. O novo trailer é bem legal e deixa com gosto de quero mais. Aguardo com ansiedade o filme na esperança de ser mais uma vez impactado. O Exterminador do Futuro: A Salvação está previsto para 5 de junho.
Vejam o trailer e o motion poster.

video

Um comentário:

Rebeca disse...

Deixa eu raciocionar... Como John Connor, que era aquele pirralhinho, vamos dizer... estranho, se tornou lindo e maravilhoso deste jeito?!!! Plástica? Só em Hollywood que Edward Furlong cresceria e se tornaria Christian Bale... hahaha
Bjocas!